O que é o eSocial do Futuro e como irá funcionar?

A TOTVS, buscando simplificar o mundo dos negócios e ajudar as empresas a superar os desafios, disponibilizará em seus softwares evoluções para melhorar a experiência de entrega do eSocial. Trata-se do eSocial do Futuroum projeto que tem como objetivo tornar mais eficiente e agradável a experiência do usuário no cumprimento das obrigações do eSocial, trazendo mais facilidades na gestão de configuração, melhor performance e maior facilidade na execução dos processos.

Todas as linhas de produtos TOTVS já estão desenvolvendo essa melhoria, com previsão de entrega para janeiro/2020 para alguns clientes assistidos. A previsão de liberação para todos os clientes é março/2020.

O projeto atinge todos os clientes que utilizam os produtos de RH da TOTVS e é composto por 2 subprojetos:
1. Middleware;
         1.1. Direcionado para clientes que não possuem a necessidade de importar para o TAF, XML’s provenientes de softwares de terceiros ou de outra linha de produtos TOTVS (Ex.: utiliza Folha de Pagamento de uma linha e BackOffice de outra linha);
1.2. Objetivo: prover um serviço de entrega direta dos xml’s da Folha de Pagamento para o governo sem a necessidade de gravação dos XML’s no ambiente do TAF, facilitar a gestão de configuração e agregar relatórios gerenciais para auxiliar os usuários nas validações das entregas do eSocial;

  1. Evoluções no TAF Full;
    2.1. Direcionado para clientes que importam no TAF XML’s provenientes de softwares de terceiros ou de outra linha de produtos TOTVS (ex: utiliza Folha de Pagamento de uma linha e BackOffice de outra linha) ou ainda, clientes que desejam ter um controle centralizado para envio de obrigações para o eSocial;
    2.2. Objetivo: prover evoluções na gestão de configuração do TAF, agregar relatórios gerenciais e evoluções de UX (Melhoria na experiência do usuário) nos processos do eSocial;

    Importante
    • A utilização do Middleware pelos clientes que não possuem a necessidade de importar xmls no TAF é opcional, podendo continuar utilizando o TAF Full, com suas evoluções, caso seja opção da empresa.
    • Não existirá a necessidade de conversões de dados para a mudança para o Middleware, será disponibilizado o processo que fará a validação e a mudança de forma automática. Os recibos existentes no TAF serão trazidos para as linhas de produto na execução do processo de mudança, permitindo a continuidade dos envios normais para o ambiente do eSocial, bem como a possibilidade de realizar retificações.
    • O REINF continua sendo processado pelo TAF Full.
    • A utilização do Middleware para processamento do eSocial e do TAF Full para processamento do REINF é suportada pelo projeto.

Notícias Semelhantes